Tribuna

P&MES e COVID-19: informação e medidas, mais que nunca

Pymes y COVID-19: información y medidas más que nunca

Pymes y COVID-19: información y medidas más que nunca (Narciso Casado CEOE-CEIB) Pymes y COVID-19: información y medidas más que nunca (Narciso Casado CEOE-CEIB)

Informação em tempos de crise e contra a crise. Poderia soar a lema de cartilha, mas hoje, mais que nunca, é uma realidade decisiva para avançar na derrota deste grande inimigo que é o COVID-19 para todos e também para as empresas, e de forma muito especial, para as p&mes.

Conscientes da importância de potenciar esse antídoto natural dos seres humanos frente ao isolamento e nos momentos críticos que é a informação, desde o Conselho de Empresários Ibero-americanos (CEIB), em coordenação com a Organização Internacional de Empregadores (OIE) e a Federação Ibero-americana de Jovens Empresários (FIJE), pusemos em funcionamento, a princípios de março, um sistema de intercâmbio de informação centrado no que acontecia em cada país, as medidas de resposta propostas pelos distintos governos e instituições e a visão dos empresários através de suas organizações representativas.

Desde então, foi criado um fluxo de material informativo de grande utilidade composto por mais de duzentas medidas, relatórios e notas de valoração. Estas foram distribuídas através das 23 organizações empresariais doCEIB a seus associados, a instituições, a organismos multilaterais e a representantes de embaixadas e a escritórioscomerciais na região.

Anunciávamo-lo no comunicado conjunto da SEGIB, CEIB e FIJE: “Desde nossas instituições estamos monitorando a situação e coletando informação que poremos à disposição em nossos portais para todos os atores sociais e econômicos, para que as experiências de uns países ajudem os demais, e seja gerado um nutrido intercâmbio de informação”.

Em cada um dos nossos países centenas de empresas grandes, p&mes e startups estão aportando seu esforço na luta contra o COVID-19, mudando sua fabricação tradicional a produtos de imediata necessidade

Informação, unidade, e solidariedade, também para inicializar importantes projetos de apoio à sociedade com os quais arrecadar fundos e recursos que surgiram no seio das organizações empresariais da região.

Exemplos como a Associação Nacional de Empresários da Colômbia (ANDI), com o projeto #UnidosSomosMásPaís, ou a União Industrial Argentina (UIA), mediante a criação de Grupos de Trabalho de Indústria Solidária e de Produção de Bens Essenciais, com o objetivo de unir o setor público e o privado na assignação de recursos.

Na Espanha a CEOE, com o projeto “Empresas que ajudam”, ou a CNI no Brasil, trabalhando na busca de doações e produção de equipamentos e artigos essenciais.

A Confederação da Produção e do Trabalho (CPC) do Chile também criou o Fundo Privado de Emergência para a Saúde com o objetivo de arrecadar dinheiro para adquirir material sanitário; o Fundo de Emergência daConfederação Nacional de Instituições Empresariais Privadas (CONFIEP) no Peru, ou as iniciativas de informação e de webinars desde a Organização Internacional de Empregadores e aquelas que irão se desenvolvendo nas próximas semanas.

Mudanças na produção

Além disso, em cada um dos nossos países centenas de empresas grandes, p&mes e startups estão aportando seu esforço na luta contra o COVID-19, mudando sua fabricação tradicional a produtos de imediata necessidade: máscaras, batas, roupa para hospitais, géis desinfetantes, peças para respiradores, transporte, pontes aéreas sanitárias. Outras o fazem mediante doações e aportes para paliar os efeitos desta emergência mundial sem precedentes.

Esta pandemia também acelerou exponencialmente, e em tempo recorde, a transformação digital de empresas e trabalhadores, afundando-nos em um mestrado permanente de formação, talvez o maior da história, e onde todos estamos chamados a nos reorientarmos rumo à tecnologia. Tudo isso vai redundar, sem dúvida, em maior produtividade, melhor qualidade de vida e em prol do meio ambiente.

Informação, unidade, solidariedade, e compromisso para fazer mais região, para fazer mais Ibero-América que nunca.

Para terminar, volto a citar as palavras do nosso comunicado conjunto SEGIB-CEIB-FIJE: “que em breve saiamos desta situação temporária e todos juntos continuemos criando um espaço ibero-americano mais próspero, coesionado, inovador e sustentável”.

Los argumentos expuestos en esta tribuna responden en exclusiva al punto de vista del autor, que es responsable de las opiniones manifestadas, y no reflejan en ningún caso la postura de la SEGIB

categorías:

Análise COVID-19 Empresa Tribuna


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.