Bibliotecas, espaços de transformação e inclusão na Ibero-América

“Sempre imaginei que o paraíso seria algum tipo de biblioteca”, dizia o célebre escritor argentino Jorge Luis Borges. E em certa medida, para muitos ibero-americanos as bibliotecas são esse “paraíso” onde se aprende, se imagina e se compreende o mundo.

Com seu projeto “Redefinindo a Rede Distrital de Bibliotecas Públicas de Cartagena”, o Instituto de Patrimônio e Cultura de Cartagena da Colômbia está ajudando a melhorar esses paraísos que são as bibliotecas para que sejam mais próximas às necessidades dos usuários. O IPCC foi um dos ganhadores da 8ª Convocatória de Apoios do Iberbibliotecas, junto a outros 11 projetos de toda a Ibero-América.

O prêmio, que consta de um apoio econômico de até 15 mil dólares, está permitindo reprojetar as políticas públicas da rede distrital a partir de um processo participativo da comunidade, assim como realizar sua planificação estratégica 2021-2030 sob os princípios de participação cidadã e sustentabilidade.

A formulação do plano identifica junto com a cidadania as necessidades de cada biblioteca, através de 50 mesas de trabalho que estão trabalhando ao longo de 2021, o que permite interconectar entre si uma rede de 18 bibliotecas de maneira efetiva com as comunidades, ao mesmo tempo que se tem presente os desafios que a pandemia COVID-19 apresenta.

“Celebramos este prêmio tão merecido para nossa querida rede distrital de bibliotecas, porque é um reconhecimento internacional ao esforço que viemos fazendo por dignificar estes espaços e profissionalizar as mediadoras (…)”, assinala Saia Vergara Jaime, diretora de IPCC, ao explicar a importância deste reconhecimento

Cerca de 2 milhões de dólares em apoios do Iberbibliotecas beneficiaram bibliotecas públicas, populares, comunitárias, nacionais, indígenas, penitenciárias, especializadas, entre outras, permitindo-lhes reinventar-se e fortalecer-se

Nos últimos anos, o programa Iberbibliotecas, no qual participam Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai e Peru outorgou cerca de 2 milhões de dólares em apoios a projetos que fortalecem redes e sistemas de bibliotecas, desenvolvem serviços de extensão bibliotecária e vinculam a biblioteca e o acesso à leitura com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

No banco de projetos ganhadores das convocatórias do Iberbibliotecas, podem se encontrar  inspiradores exemplos de como estes fundos estão transformando as bibliotecas e suas comunidades ao longo dos últimos anos, deixando marcas na cidadania e contribuindo à educação e à cultura em populações que tanto o necessitam.

Ano Iberoamericano das Bibliotecas

Este 2021, Ano Ibero-americano das Bibliotecas, a cooperação ibero-americana impulsiona um diálogo regional sobre a vigência, importância e aporte das bibliotecas como espaços necessários para o acesso livre ao conhecimento e à informação, espaços de criatividade e diversidade. Com o lema “Bibliotecas que criam futuros”, se reivindica o papel das bibliotecas e da cultura em geral na construção de uma “melhor normalidade” onde a cultura ajude a derrubar os muros da exclusão social.

O Ano Ibero-americano das Bibliotecas fomenta um diálogo regional em torno aos desafios do setor depois da pandemia, a inovação, a relação com a Agenda 2030 e seu papel como lugares para a inclusão de minorias e populações em risco de exclusão

Durante la presentación del Año Iberoamericano de las Bibliotecas, el coordinador del Espacio Cultural Iberoamericano, Enrique Vargas destacó que “las bibliotecas siempre han construido futuro y han acompañado el desarrollo de nuestras sociedades”.

Ao longo de 2021, o IBERBIBLIOTECAS, a Secretaria-Geral Ibero-americana (SEGIB), o Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e o Caribe (CERLALC), a Federação Internacional de Associações de Bibliotecários e Bibliotecas,  IFLA LAC , a Associação de Estados Ibero-americanos para o Desenvolvimento das Bibliotecas Nacionais da Ibero-América (ABINIA), em conjunto com sistemas e redes nacionais de bibliotecas, estão organizando um grande diálogo regional em torno aos seguintes temas:

  • Desafios das bibliotecas depois da pandemia. 
  • Diversidade de bibliotecas: tipologias e serviços. 
  • As bibliotecas mais além dos livros: um lugar para as pessoas. 
  • Inovação e bibliotecas: o que significa inovar e como fazê-lo? 
  • As bibliotecas e Agenda 2030. 
  • As bibliotecas, lugares para a inclusão de populações em desvantagem e minorias. 

Aqui podem ser consultadas as diferentes atividades e eventos emoldurados no Ano Ibero-americano das Bibliotecas. Todas as bibliotecas públicas, comunitárias, especializadas ou de qualquer outro tipo que queiram compartilhar suas experiências, conhecer casos de êxitos de outras entidades e somar seu aporte, podem se inscrever nas Atividades do Ano Ibero-americano das Bibliotecas, neste link.

Um dos principais aportes do Ano Ibero-americano das Bibliotecas é a possibilidade de “escutar” as comunidades e os próprios usuários das bibliotecas, assim como trabalhadores e especialistas para entender melhor suas necessidades e expectativas e, a partir de suas vozes, escalar propostas aos espaços de decisão e projeto de políticas públicas.

categorías:

Cultura Desigualdade Destacado Educação Histórias Inclusão Literatura Programas, Iniciativas e Projetos Adscritos


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.