Atualidade

Inovação cidadã, ideias que constroem desenvolvimento sustentável

“Não há nada mais poderoso do que uma ideia para a qual chegou o momento”. A conhecida frase de Víctor Hugo cobra sentido quando falamos de inovação cidadã na Ibero-América.

Imagine centenas de pessoas de muitos países e realidades trabalhando juntas para transformar estas ideias inovadoras em projetos tangíveis que solucionam problemas concretos de suas comunidades. Além disso, imagine o que aconteceria se estes mesmos projetos fossem aplicados em muitos países, cidades e contextos, gerando uma onda expansiva com o poder de mudar milhares de vidas.

Agora deixe de imaginar, porque enquanto você lê, muitos cidadãos e cidadãs já estão fazendo isso. Desde o dia 9 até 21 de outubro, a cidade de Rosario, Argentina se converte em epicentro da inovação cidadã na Ibero-América.

Uma centena de pessoas de 17 países ibero-americanos reúnem-se para fazer realidade 10 projetos inovadores que podem ser replicados posteriormente mediante tecnologias de código aberto, acessíveis e de baixo custo.

Falamos da 5ª edição do Laboratório de Inovação Cidadã, que antes de chegar a Rosario, Argentina percorreu o México (2014), o Rio de Janeiro (2015), Cartagena das Índias (2016), Nariño, Colômbia (2018).
O laboratório de Rosario, é organizado conjuntamente pela Secretaria-Geral Ibero-americana, Santa Lab do Governo de Santa Fe, Argentina e o Ministério de Modernização do país sul-americano, com a colaboração da Agência Espanhola de Cooperação Internacional e para o Desenvolvimento (AECID), o Governo de Rosario, entre outros sócios da região.

O poder cidadão para a Agenda 2030
Os 10 projetos que neste momento são desenvolvidos no 5º Laboratório Ibero-americano de Inovação Cidadã da Argentina, coloquialmente conhecido como “LABiCAR, estão vinculados aos 3 pilares da Agenda 2030 de desenvolvimento sustentável: prosperidade, sustentabilidade e inclusão, que à sua vez estão conetados à temática da XXVI Cúpula Ibero-americana a se realizar umas semanas depois em La Antigua, Guatemala, sob o lema “Uma Ibero-América próspera, inclusiva e sustentável”.

Pense por um momento, quão infinito é o poder de uma ideia? Até onde pode um projeto transformar uma vida, uma comunidade, uma região? O mundo?

Cada vez mais governos na Ibero-América estão entendendo que o avanço rumo a sociedades mais equitativas, sustentáveis e justas só pode see conseguido da mão das comunidades e com a participação direta da sociedade civil. As instituições devem criar espaços para que esta inovação, criatividade e trabalho colaborativo possam produzir resultados tangíveis, que à sua vez consigam detonar transformações mais profundas.

 

10 projetos, 5 ODS
Os projetos que são desenvolvidos no LABICAR estão vinculados a cinco objetivos de desenvolvimento sustentável: o ODS 5 (igualdade de gênero), o ODS 10 (redução das desigualdades), o ODS11 (cidades e comunidades sustentáveis), o ODS12 (produção e consumo responsáveis), o ODS16 (paz, justiça e instituições sólidas).

Na área de igualdade de gênero, destacam projetos como “Ocupação Beauvoir” que dará visibilidade ao talento de escritoras latino-americanas iniciando uma comunidade e posteriormente uma plataforma para o ativismo político-cultural o “Mulheres Qom” que impulsiona uma comunidade-rede de mulheres artesãs para a criação colaborativa e venda de seus artesanatos.

Para favorecer a INCLUSÃO, projetos como “Rota Trans” elaborará um mapa-diretório digital de lugares seguros para pessoas transexuais e transgênero. Também será construída uma cadeira de rodas de elevação em código aberto para que crianças com paralisia cerebral ou outras formas de deficiência possam melhorar sua mobilidade e serão realizadas impressões em 3D para o aprendizado de pessoas com deficiência visual por meio da tecnologia de impressão tridimensional.

No pilar de SUSTENTABILIDADE, os projetos impulsionam um desenvolvimento em sintonia com o meio ambiente, como por exemplo, um circuito sustentável de aquoponia para a reprodução agro ecológica de peixes e plantas de forma simultânea, ou “sementes poderosas”, produzidas sem químicos e que serão utilizadas em agricultura ecológica e reflorestação.

Os 10 projetos que se desenvolvem no LABICAR favorecem a inclusão, sustentabilidade e participação cidadã e estão vinculados com 5 objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030.

Para fazer realidade cada um destes 10 projetos e facilitar que sejam replicados, um grupo de colaboradores escolhidos em convocatória pública trabalham tanto com os promotores dos projetos como com as comunidades beneficiárias. Assim “os laboratórios de inovação cidadã têm a potência para abrir o coração e a mente a formas mais humanas de transformação coletiva”, como assinala Andres Bedoya, um dos mentores do laboratório. Faz anos que este ecossistema inovador está transformando muitas vidas na Ibero-América, construindo desenvolvimento sustentável através de tantas “ideias para as quais chegou o momento”.

categorías:

Agênda 2030 Atualidade Inovação Cidadã ODS


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.