NDA

Portugal

Qual é o papel da ciência e a tecnologia na promoção do desenvolvimento?

A experiência de Portugal e o seu contributo para o espaço do conhecimento ibero-americano, através da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), tutelada pelo Ministério da Ciência é a instituição pública portuguesa de apoio à ciência, tecnologia e inovação, em todas as áreas do conhecimento.

A FCT promove o avanço do conhecimento científico e tecnológico em Portugal, por forma a atingir os mais elevados padrões internacionais de qualidade e competitividade em todos os domínios científicos e tecnológicos, e estimular a sua difusão e contribuição para a sociedade e o tecido produtivo.

Entre outras atribuições, a FCT assegura a participação de Portugal em organizações científicas internacionais, promove a participação da comunidade científica nacional em projetos internacionais e estimula a transferência de conhecimento entre centros de investigação e a indústria.

A FCT opera nas interfaces da ciência e da diplomacia, bem como nos domínios comuns da política externa e política científica. Recorda-se que a diplomacia científica tem vindo a assumir particular destaque no quadro da promoção e valorização do interconhecimento e na consolidação do relacionamento, bilateral ou multilateral, de Portugal com os demais Estados.

O Espaço Ibero-americano para o Conhecimento, bem como a Comunidade dos Estados da América Latina e Caraíbas, por razões históricas e geográficas, é das regiões com quem Portugal desenvolve maior cooperação em ciência e tecnologia, bilateral e multilateralmente, e em tópicos de comum interesse.

O reconhecimento generalizado de que os desafios que enfrentamos, como as alterações climáticas, a preservação dos oceanos ou a saúde (reforçada pela recente pandemia), são indissociáveis da ciência e tecnologia, e a própria internacionalização e globalização dos sistemas nacionais de C&T e ensino superior têm contribuído para a necessidade de desenvolver sinergias entre a política científica e a política externa.

O Espaço Ibero-americano para o Conhecimento, bem como a Comunidade dos Estados da América Latina e Caraíbas, por razões históricas e geográficas, é das regiões com quem Portugal desenvolve maior cooperação em ciência e tecnologia, bilateral e multilateralmente, e em tópicos de comum interesse.

Através de programas de ciência e tecnologia desenvolvidos conjuntamente, tem sido possível a promoção de ações de fortalecimento dos sistemas nacionais e de ciência e tecnologia na comunidade ibero-americana.

Um exemplo consolidado é o Programa Ibero-americano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento (CYTED) no qual Portugal, desde 1984, é membro efetivo, cabendo à FCT o acompanhamento e a gestão do mesmo.  As ações conjuntas que resultam deste programa visam, através da ciência, potenciar o desenvolvimento das regiões em causa.

A internacionalização e globalização dos sistemas nacionais de C&T e ensino superior têm contribuído para a necessidade de desenvolver sinergias entre a política científica e a política externa.

Neste programa, a ciência e a capacidade científica surgem como catalisadoras do desenvolvimento, dado que a seleção dos projetos, redes e fóruns (os instrumentos do CYTED) é baseada essencialmente em critérios de qualidade científica, embora podendo ser considerado o potencial de aplicação e de capacitação.

Outra iniciativa mais recente e que converge os mais variados interesses da região ibero-americana – a investigação no Oceano Atlântico – é mais um exemplo de uma parceria em desenvolvimento, promovida por Portugal e com o contributo da FCT, e que nasceu de um esforço conjunto de diplomacia científica: AIR Centre, Atlantic International Research Centre.

O AIR Centre, uma plataforma para o desenvolvimento de atividades de investigação nas áreas do clima, terra, espaço e oceano, promove uma abordagem integrativa do espaço, clima, oceano e energia no Atlântico, apoiada por inovações tecnológicas emergentes e avanços na ciência de dados, através da cooperação Sul-Norte e Norte-Sul.

A FCT, em conjunto com as respetivas agências congéneres de vários países, e através dos instrumentos que tem ao seu dispor, continuará a promover a ciência e a tecnologia como um veículo para o desenvolvimento do espaço ibero americano.

 

categorías:

Ciência Cooperação Ibero-Americana Destacado Onda Destacada Portugal Tecnologia


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.