NDA

Paraguai

A aposta do Paraguai pelo esporte e pela tecnologia, em tempos da COVID-19

Desde o início da pandemia, os cidadãos dos países da Ibero-América viram restringida também suas atividades esportivas devido ao fechamento de centros de esportes e à clausura de eventos esportivos nacionais e internacionais. Alguns espaços como centros de saúde vinculados à atividade, inclusive se adequaram, mas numerosos esportistas e treinadores foram suspensos ou tiveram seus contratos de trabalho cancelados.

Neste contexto, muitos países estão realizando ações em matéria esportiva, apostando pela tecnologia, para atender as necessidades de seus cidadãos e, em particular, as pessoas mais vulneráveis.

Tal é o caso do Paraguai, que compartilhou a experiência no marco da 1ª Videoconferência Ministerial e das Altas Autoridades realizada no marco da pandemia (22 de maio), convocada pelo Conselho Ibero-americano de Esportes (CID) junto com a UNESCO e a Secretaria-Geral Ibero-americana (SEGIB), para saber como os 22 países de Ibero-América trabalharam em políticas de esporte frente à COVID-19.

No caso do Paraguai, desde o dia 4 de maio a Secretaria Nacional de Esporte (SND), que ocupa a vice presidência do CID, realizou aulas em várias disciplinas esportivas, fazendo uso de plataformas virtuais e da televisão estatal do Paraguai.

A aposta pelos treinamentos esportivos através das aulas de Esportes Virtuais destaca que a prática de atividades físicas é fundamental para levar uma vida saudável, especialmente em tempos da COVID-19, seguindo fase por fase a Quarentena Inteligente, o programa impulsionado pelo governo nacional no país.

Nos dois primeiros meses de treinamentos virtuais, 755.360 crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos participaram nas aulas, que contam com tutores profissionais em educação física e esportes.

Com o objetivo de chegar cada vez a mais lares, as aulas continuam suas emissões, agora em seu terceiro mês consecutivo, para que crianças e jovens possam seguir aproveitando as plataformas virtuais e as redes sociais.

Desta forma, busca-se complementar com esporte as atividades dos escolares, cujas aulas presenciais foram canceladas durante o ano pelo Coronavírus.

Os profissionais que participam nesta iniciativa formam parte das Escolas Esportivas da SND, com o fim de promover a prática de atividades físicas e os estilos de vida saudável na população paraguaia.

 

Bailoterapia e ritmos latinos

Uma das aulas com maior audiência dentro do programa é a de bailoterapia, dirigida especialmente a idosos, mas com participação de pessoas de todas as idades.

O professor Norman Fernández, quem coordena o grupo de idosos “Vida saudável e feliz” da SND e que, há vários anos, integra as Escolas Esportivas, é o encarregado de acompanhar a adultos e crianças durante as transmissões.

As diversas opções de atividades físicas esportivas recreativas que são oferecidas nas aulas virtuais incluem treinamentos de futebol, tênis, atletismo, ginástica artística, badminton, luta olímpica, handball, patinagem artística, ginástica para gestantes, karatê-Do, judô e tênis de mesa.

Ainda, futebolistas da seleção indígena realizam uma transmissão semanal em suas próprias línguas ou em espanhol (foto).

categorías:

COVID-19 Desporto Onda Destacada Onda País Paraguai


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.