Histórias

A realidade virtual pode ser uma saída laboral para pessoas com síndrome de Down?

As pessoas com síndrome de Down são um exemplo de superação para a sociedade, pessoas que para conseguir sua independência social e econômica costumam desenvolver infinidade de trabalhos, mas que em sua maioria são artesanais, no entanto poderia ser a realidade virtual uma saída laboral para eles e elas?

O projeto Realidade Virtual do Laboratório Ibero-americano de Inovação Cidadã de Rosario (Argentina) desenvolveu seu trabalho em torno a esta tese e comprovou fidedignamente que estas pessoas, além de sentir um especial interesse por essa rama da tecnologia, poderiam se valer dela para conseguir um emprego no futuro.

Nesse contexto, a professora Daniela Leiva analisa que estas pessoas encontram “menos oportunidades de inclusão nos espaços sociais e laborais” pelo quê, a realidade virtual poderia valer para “favorecer o aprendizado de um ofício para que possam se integrar posteriormente”.

“Tínhamos medo porque a realidade virtual é uma novidade e pode ser um pouco abrumador, não sabíamos como poderia ser recebido por essas pessoas com síndrome de Down”, conta o engenheiro e integrante do projeto Michael Sandoval.

Um medo que tardou pouco em se dissipar, segundo conta Gregorio D’Angelo: “o mais bonito foi ver a sensação de alegria e de triunfo que tinham quando podiam cumprir os objetivos que a experiência lhes propunha”.

categorías:

Capacidades Cidadania Deficiência Destacado Histórias Inovação Inovação Cidadã Tecnologia


Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información
Recibe una alerta cuando esté disponible un nuevo especial temático sobre la cooperación en Iberoamérica en nuestro portal somosiberoamerica.org
* campo requerido
Idioma

Secretaría General Iberoamericana usará la información que nos proporciones en este formulario para estar enviarte actualizaciones del portal Somos Iberoamérica e información relacionada.

Puedes darte de baja en cualquier momento haciendo click en el enlace del pie de nuestros emails.

We use Mailchimp as our marketing platform. By clicking below to subscribe, you acknowledge that your information will be transferred to Mailchimp for processing. Learn more about Mailchimp's privacy practices here.