Cuarto Sector

Três exemplos de empresas sociais que marcam o rumo

“O Quarto Setor é uma iniciativa muito relevante para os dias em que vivemos porque os problemas que afronta a raça humana hoje são de enorme envergadura”.

Isso é o que assegura Marcos Eguiguren, diretor executivo da Aliança Global para uma Banca com Valores, quem considera que desafios como a mudança climática e a desigualdade não devem ser enfrentados de maneira isolada, senão com o esforço de todos. 

Para ele, não basta com a intervenção do setor público ou das grandes organizações internacionais: “Estas questões que afetam toda a humanidade, os cidadãos e também os atores econômicos”. 

Veja a opinião de Eguiguren neste vídeo.

Carol Blázquez, responsável de sustentabilidade e inovação na empresa de moda EcoAlf, destaca a importância das companhias do Quarto Setor em um momento “no que os resultados financeiros são tão importantes como o impacto que se está tendo sobre o meio ambiente e sobre as pessoas”. 

EcoAlf, nascida na Espanha, elabora sua roupa com produtos reciclados, em sua maioria plásticos, em uma indústria que já se ergue como a segunda mais contaminante do mundo. 

“Quando você é consciente disto, tem de se posicionar e deixar de ser parte do problema para ser parte da solução”, aponta Blázquez.

Conheça o projeto neste vídeo. 

A fundadora da Associação de Serviços Médicos para o Bem Social (Asembis), Rebeca Villalobos, explica a importância do Quarto Setor e assegura que as novas gerações demandam cada vez mais “investir seu tempo e seu dinheiro” em empresas que impactem de maneira positiva na sociedade e o meio ambiente. 

“Por que é importante o Quarto Setor?”, pergunta-se Villalobos, porque “através da tecnologia, da inovação, da ciência e da pesquisa” pode dar “soluções a problemas comuns de nossa sociedade”, acrescenta. 

Asembis é uma empresa costarriquense que leva 27 anos oferecendo assistência médica de qualidade em 13 clínicas distribuídas por todo o país. Nesse tempo, atenderam mais de meio milhão de pessoas ao ano e elevaram seu pessoal a 350 pessoas.

categorías:

Agênda 2030 Cuarto Sector Economia Empresa Noticias destacadas Sustentabilidade

Solicitamos su permiso para obtener datos estadísticos de su navegación en esta web, en cumplimiento del Real Decreto-ley 13/2012. Si continúa navegando consideramos que acepta el uso de cookies. Aceptar | Más información